Uma breve explicação é pertinente:

Muitas pessoas cronometram seus horários. É bom chegar no fim do dia, encher o peito e dizer: “Estudei 12 horas hoje”.

shutterstock_108045950

Em geral, entretanto, o problema é que essas pessoas não estudam 12 horas. Elas passam 12 horas sentadas. E isso não significa estudo.

Quando você está sentado, você pode estar em redes sociais, pode estar olhando o celular, pode estar pensando na morte da bezerra ou fazendo listas de compras.

E isso definitivamente não é estudar.

Existe um conceito que é muito discutido no mundo dos concurso que é o das “horas líquidas”.

Horas líquidas são mais ou menos o que o nome sugere: da mesma forma que temos salário líquido ou lucro líquido (livre de todos os descontos), as horas líquidas também referem-se a isso: as horas sentados, mas descontados os momentos em que não estamos estudando.

A lógica é muito simples.

shutterstock_128104610Você vai precisar de um cronômetro ou de uma tabela. Vou explicar com o cronômetro, que é mais simples.

Você está estudando. No momento em que você começa a estudar (não no momento em que você se senta), você liga o cronômetro. Estuda, estuda, estuda e de repente dá vontade de ir ao banheiro. Nessa hora, você pára o cronômetro, vai ao banheiro e retorna. Quando COMEÇAR A ESTUDAR você liga de novo e ele volta a rodar.

“Ah, Fernando, mas isso dá muito trabalho.”

Bom, não dá. E isso evita que você se engane. 8h de estudos nesse ritmo podem se transformar em 5 ou 6 horas líquidas. E aquelas 12h podem virar 7 ou 8, sem muito estresse.

Mas só sabe disso quem já fez a comparação. É MUITO FÁCIL você se sentir cansado(a) estudando e pensar que estudou muito. E não passa nas provas e pensa “nossa, mas eu estudei tanto. O que terá acontecido??”.

shutterstock_131546207

Você já passou por isso, ou conhece alguém que passou?

A situação é comum. E o objetivo das horas líquidas é não permitir que você se engane.

Faça uso, porque o candidato sério precisa de indicadores confiáveis. E o tempo que você passa sentado é um indicador, mas não é exatamente confiável.

Sucesso,


O Instituto Cognos é o portal educacional do Blog do Fernando Mesquita. Caso queira conhecer os cursos disponíveis, acesse este link.

Em qualquer caso, não deixe de assinar gratuitamente a newsletter do blog e receber informações, técnicas e estratégias exclusivas sobre concursos públicos, produtividade e, por que não, felicidade?